Domingo, 21 de outubro de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
Bancada do Nordeste. “A prioridade número um do Sergipe é Canal do Xingó”, disse Marcelo Déda; Ele se disse preocupado com a discussão sobre mudanças do FPE e do ICMS e disse que não aceita perdas de seu Estado. Ele informou suas preocupações de que a Copa do Mundo acabe ajudando só as cidades sede do evento
19/03/2012 - 15:19h - Genésio Araújo Jr
(Laranjeiras-SE,19/03/2012) O governador do Sergipe, Marcelo Déda(PT-SE), falou aos senadores, parabenizou a iniciativa da Subcomissão do Nordeste, comentou as prioridades do Estado do Sergipe, destacou suas preocupações com a perda dos estados que não vão ser sub-sedes, visto que em sua avaliação todos os brasileiros vão pagar pela Copa e todos deveriam ganhar com o evento. Ele teme que as cidades que não vão atendidas com a Copa não tenham direito a obras de infraestrutura para os chamados roteiros alternativos, que estão sendo preparados, mas ainda não definidos.
Veja o melhor da fala do governador sergipano sobre os diversos temas.

PAPEL DOS SENADORES DO NORDESTE – Ele começou agradecendo a vinda dos senadores ao Sergipe para debater o Nordeste:
“Gostaria de aplaudir o Senado Federal, os senadores da Subcomissão do Nordeste, a decisão de debater com o Brasil, andando pelo Nordeste do Pais. Nada substituiu um contato como esse. Nada como esse contato com as pessoas que vivem as políticas públicas. É importante vir à base, ouvir a sociedade. O Senado da República fica mais legítimo. Quero agradecer o Senado da República com uma comissão tão importante e com quorum tão grande”, disse o governador sergipano.
MERCADO INTERNO - Déda informou que sua equipe tinha trabalhado uma verdadeira tese de mestrado para sua fala no evento, mas ele iria dispensar as informações na medida do adequado ao evento. Ele disse que o mercado interno do Nordeste é o sucesso do Nordeste e lembrou um conto de Jorge Luis Borges no “ A História Universal da Infâmia”
“A nossa região não quer ser vista como a caricatura com o pires da mão em frente do Palácio do Planalto. Nós não queremos ser problema. Nós não temos um peso para o desenvolvimento do Brasil. O Nordeste é uma solução com seu mercado interno”
Ele disse que existe má-fé de pessoas que divulgam que o Nordeste é um problema para o desenvolvimento para o Brasil.
“ A maior solução do Nordeste está no Nordeste. O Nordeste não é um pedaço do Brasil é o próprio Brasil. O Brasil nasceu aqui. Nasceu no acidente de Pedro Cabral, na batalha do Guararapes, no 2 de Julho, na Confederação do Equador Não haveria Sudeste sem o trabalho e a migração do Nordeste. Não somos inimigos. Devemos construir um projeto de Brasil. Dificuldades muitas existem “, destacou.

COPA DO MUNDO PARA POUCOS - Ele se disse preocupado com a concentração de poder e de desenvolvimento que poderá ser gerado com a Copa do Mundo.
“ Existe o risco da Copa do Mundo se transformar num evento lacrado e servir só para as regiões que receberem os eventos. Todos os brasileiros estão financiando a Copa do Mundo. Os benefícios devem ser oferecidos a todo o Brasil. Nos temos quatro sede no Nordeste e é possível que todos ganhem com o evento”, disse.
Ele acredita que é fundamental que se busque alternativas no fortalecimento dos roteiros alternativos.
“E preciso que os roteiros alternativos de copa sejam feitos. O Ministério já está trabalhando isso. Nós queremos recursos de infraestutura para os roteiros alternativos de Copa”
TURISMO – Antes de tratar da questão da aviação regional, ele relatou uma luta pela construção de uma ponte sobre o rio São Francisco que poderá gerar uma interligação de 700 kms que hoje não existe no Nordeste, entre Alagoas e o Sergipe. Ele pediu apoio da Subcomissão do Nordeste para se juntar à luta dele que deve ser de Alagoas, também. O presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional, CDR, senador Benedito de Lira(PP) é alagoano:
“ O rio São Francisco é um rio nacional. Poderíamos construir essa ponte. Alagoas e Sergipe não podem construir sozinhos, mas peço a Comissão, senhor Presidente, que veja isso como importante”, disse.
Em seguida ele falou sobre aviação regional:
“ Quero me solidarizar com a questão da malha viária. Ou nós priorizamos o debate ou nós teremos prejuízos quando o evento( Copa do Mundo) se instalar”, disse. Ele foi além:
“Não é possível que quatro empresas áreas dividam um mercado como fazem um filé num restaurante”
Ele também avançou na questão, face o Sergipe ser marcado pela questão cultural e do patrimônio histórico que gera um turismo específico:
“ Estamos aguardando o PAC das cidades históricas. É preciso recuperar o patrimônio cultural. Isso é fundamental para a auto estima brasileira e para o turismo”, disse.
INFRAESTRUTURA - Ele destacou que o Canal do Xingó é fundamental para o Estado e pediu apoio da Subcomissão do Nordeste e da Comissão de Desenvolvimento do Nordeste:
“ Qual a prioridade de infraestrutura em Sergipe? A prioridade número um é o Canal de Xingó. É um projeto de uso múltiplo da água. Está na agenda do Sergipe desde quando eu era deputado federal. A princípio seria um canal que captasse para o rio Xingó e de Paulo Afonso. Hoje, temos o segundo projeto captando só em Xingó. O projeto novo capta no lago de Paulo Afonso O canal é vital para acabar com o gargalho da água. É um investimento de R$ 2,4 bilhões. Nós precisamos do apoio dos irmão nordestinos. Precisamos do apoio desta subcomissão. Precisamos incluir o Canal neste projeto de irrigação que vai ser lançado. Não deixe de colocar nos relatórios deste comissão a prioridade do Canal do Xingó”, disse se referindo ao senador Benedito de Lira(PP-AL) , presidente da CDR, ao qual a Subcomissão do Nordeste é ligada.
PREOCUPAÇÃO COM O ICMS E O FPE - Ele se disse muito preocupado com a reforma do ICMS e do Fundo de Participação dos Estados.
“ Uma reforma do ICMS. Não é uma reforma tributária. Nós precisamos acompanhar. Nenhum reforma pode gerar prejuízos para os estados. Eu disse ao ministro Guido Mantega que fui um dos que criou este partido. Sou disciplinado, mas se meu Estado perder um centavo vou estar na porta do Congresso Nacional pedindo para se votar contra. Esta no Senado a discussão do FPE por decisão do STF. Lá tem um grave problema. É para rever os critérios. Quem tiver os piores indicadores sociais e maior população receberá mais.”, disse
É a partir daí ele acentua sua preocupação:
“O Sergipe tem a menor população do Nordeste e os menores indicadores negativos. O meu Estado vai ser punido por tentar buscar o desenvolvimento. Nós somos apenas oito deputados federais. Nós temos três senadores como todos os Estado. Tenho certeza que os nossos senadores não vá dar voto para projeto que tire recursos do Sergipe. O principio é um bom critério mas é necessário encontrar uma média”, disse

ZONA DE PROCESSAMENTO DE EXPORTAÇÃO - Ele aproveitou para falar da questão das ZPE’s que deverá ser votada nesta semana no Senado Federal. Ele defende uma ação definitiva sobre esta questão, as zonas de processamento de exportação:
“O Brasil precisa exportar de novo. A crise mundial nos obriga. É preciso outras intervenções. É necessário tirar do papel as ZPE’s. Só vingou a do Amapá. Ficamos uma década sem saber o que fazer com as ZPE. O Presidente Lula reviu este tema, outra lei foi feita e está paralisada, completamente. É preciso tirar do papel as ZPE’s Se não é prioridade não tire do papel, e não obrigue os estados a colocar recursos onde não vai avançar ”, disse

( Por Genésio Araújo Jr)
Mais Notícias
16/06 | 22:47h - redação com informações de ass
Bancada do Nordeste defende votos em papel impresso; Câmara vota vários temas da reforma política

(Brasília-DF, 16/06/2015) A bancada de deputados federais do Nordeste votou em massa nas propostas de reforma política que foram à pauta do plenário na noite desta terça-feir...
15/04 | 20:20h - Gil Maranhão
BANCADA DO NORDESTE - Flávio Dino defende manutenção da abertura de crédito nos estados e taxação de grandes fortunas para investir no social

(Brasília-DF, 15/04/2015) Durante o Encontro de Governadores do Nordeste, realizado nesta quarta-feira, 15, em Brasília-DF, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) defen...
05/12 | 15:51h - Gil Maranhão e GAJ
Bancada do Nordeste. Ary Lanzarin descarta incorporação do BNB ao outro banco e revela plano estratégico para 2013. Presidente do Banco do Nordeste e diretores da instituição discorreram, na reunião da Bancada do Nordeste na Câmara, sobres as ações nos estados e perspectivas de investimentos

(Brasília-DF, 05/11/2012) O presidente do Banco do Nordeste, Ary Lanzarin, descartou, nesta quarta-feira (5), na reunião da Bancada do Nordeste na Câmara dos Deputados, a inco...
30/05 | 19:47h - Humberto Azevedo e GAJ
Bancada do Nordeste. Heleno Silva pede ao ministro Bezerra apoio aos projetos hídricos já existentes. Deputado pelo PRB de Sergipe pediu, também, que os agricultores possam procurar não só o BNB, mas, sim, também, o Banco do Brasil, na tomada de empréstimos que estão sendo concedidos por conta das medidas contra à seca

(Brasília-DF, 30/05/2012) O deputado Heleno Silva (PRB-SE) pediu hoje, 30, durante o encontro que a Bancada do Nordeste teve com o ministro da Integração Nacional, Fernando Be...
30/05 | 18:45h - Gil Maranhão e GAJ
Bancada do Nordeste. Ministro se irrita com cobranças de deputados nordestinos, e pede apoio da bancada para viabilizar reivindicações junto ao governo. Para a maioria dos parlamentares nordestinos ações emergenciais anunciadas pelo governo não resolvem problemas da seca na região

(Brasília-DF, 30/05/2012) O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, chegou a mostrar momento de irritação com inúmeras cobranças feitas pelos parlamentares n...
21/04 | 13:38h - Gil Maranhão e GAJ
ESPECIAL DE FIM SEMANA. Convênio entre Vale e Petrobras de R$ 4 bilhões vai gerar 3 mil empregos iniciais em Sergipe na produção de potássio. Governador Marcelo Déda comemorou anúncio feito na quinta-feira (19) pela presidnte Dilma, que vai ao estado na segunda-feira assinar o convênio

Gil Maranhão Agência Politica Real (Brasília-DF, 21/04/2012) O governador de Sergipe, Marcelo Déda, ainda comemora a notícia veiculada ontem (quinta-feira, 19...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br