Quarta-feira, 18 de julho de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
Bancada do Nordeste. Governo não incha dados do PAC, afirma coordenadora da segunda fase do programa. A Política Real acompanhou...
28/04/2010 - 17:13h - Evam Sena e GAJ
( Brasília-DF, 28/04/2010) A coordenadora da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), Míriam Belchior, afirmou nesta quarta-feira, em reunião com a Bancada do Nordeste, que o governo não incha os dados do PAC 1 e não faz "contrabando" de cifras do crédito imobiliário para o programa, que é um dos carros-chefes do governo Lula e da campanha da pré-candidata petista à presidência, Dilma Rousseff, considerada a "mão do PAC".

Belchior ratificou que o PAC já tem 40,3% das ações concluídas, com R$ 256,9 bilhões investidos dos R$ 638 bilhões previstos. Ela contestou os dados da ONG Contas Abertas, de que só 11% do programa já foi executado. Segundo a coordenadora, a ONG tem como critério a quantidade de obras, e o governo compara pelo valor dos empreendimentos.

"Nós consideramos o valor, porque eu não posso comparar um gasoduto na Amazônia, que custa quase R$ 2 bilhões, com uma obra da Funasa, de R$ 300 milhões. Para vocês terem uma idéia, a gente tem mais de 5 mil obras da Funasa, enquanto que de energia, temos 600. A gente acha que o mais justo é comparar em valor. Em valor a gente já executou 40%", afirmou Belchior.

Dos setores, habitação e saneamento tiveram maior execução segundo o governo, de 66,4%; em logística, energia, social e urbano, foi 27,6%. Em logística (rodovias, aeroportos, ferrovias), foram investidos R$ 40,5 bilhões desde o início do PAC. Em Energia (campos de petróleo, geração, refino, gasodutos), foram investidos R$ 72,9 bilhões, e na área social e urbana (Luz para Todos, habitação, saneamento), R$ 144 bilhões.

Míriam Belchior negou também que haja "contrabando" de dados do crédito imobiliário para inchar os dados do programa. Segundo ela, o financiamento habitacional por pessoa física já estava previsto no PAC desde seu lançamento, em 2007, e com isso, o governo conseguiu alavancar o mercado imobiliário.

"O papel do governo foram as mudanças nas regras feitas pelo CMN para obrigar os bancos a aplicarem o recurso da poupança em crédito imobiliário. Foi isso que fez o volume de recursos aplicados sair de R$ 5 bilhões em 2002 para R$ 44 bilhões em 2009", disse Míriam Belchior.

A coordenadora negou também que o PAC 2 seja uma repetição da primeira fase do programa. "O PAC 2 tem 441 obras novas na área de infraestrutura e logística, vamos definir a área social e urbana, e apenas 31% são obras originárias do PAC 1, mas aqueles que, lá em 2007, já estavam previstos para terminarem depois de 2010", alegou Belchior, exemplificando com as usinas de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia.

Segundo dados apresentados pela coordenadora, a participação do investimento público mais o privado no PIB passou de 16,4% em 2006 para 18,7% em 2008. Só o investimento público, da União e dos Estados, subiu de 1,6% em 2006 para 2,9% em 2009.

Belchior afirmou também que o governo atingiu a meta do PAC também na geração de empregos. A criação de postos de trabalho no setor de construção de rodovias e ferrovias cresceu 76% entre 2006 e 2009, enquanto na construção civil, o crescimento foi de 41%. No setor de energia (geração e distribuição), o crescimento foi de 38%; na área de saneamento, 64%; teve sua geração de empregos.

( por Evam Sena, especial para a Política Real, com edição de Genésio Junior)
Mais Notícias
15/04 | 19:04h - Gil Maranhão
BANCADA DO NORDESTE - Ricardo Coutinho destaca sentimento de ‘nordestinidade’ e diz que região precisa ser “rum ponto de avanço na política de desenvolvimento”

(Brasília-DF, 15/04/2015) O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) disse declarou nesta quarta-feira, 15, durante Encontro de Governadores do Nordeste, em Brasília-DF, ...
13/08 | 23:43h - Maurício Nogueira e GAJ
Bancada do Nordeste. Reunião abre espaço para o Integra Brasil

( Publicada originalmente às 21h 37 do dia 08/08/2013) (Brasília-DF, 08/08/2013) O coordenador da Bancada do Nordeste, deputado federal Pedro Eugênio (PT-PE), avaliou a p...
07/12 | 14:49h - .
ESPECIAL DE FIM DE SEMANA. Petróleo, gás natural e pré-sal na roda de debate dos nordestinos. Temas nacionais que geram polêmica no Congreesso Nacional e resultou no Movimento "O Brasil quer petróleo e saúde", são destaque da pauta da reunião da Bancada do Nordeste na Câmara no próximo dia 7

Gil Maranhão Agência Politica Real (Brasília-DF, 03/12/2011) - O Nordeste só pensa em petróleo. Depois que o Senado Federal aprovou, dia 26 de outubro pa...
02/09 | 23:16h - Humberto Azevedo e GAJ
ESPECIAL DE FIM DE SEMANA. Fernando Ferro não será preferencial do PT nas eleições municipais. ¨O Nordeste do País voltou à esquerda, votou com Dilma. Então, hoje a esquerda está no Nordeste”, afirma

(Brasília-DF, 02/09/2011) O deputado Fernando Ferro (PT-PE) afirmou no início da tarde desta sexta-feira, 02, no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília, onde o Partido do...
19/05 | 12:55h - Evam Sena e GAJ
Bancada do Nordeste
50% do Bolsa Família vai para o Nordeste. Nova Ministra do Desenvolvimento Social falou aos deputados nordestinos, hoje...

( Brasília-DF, 19/05/2010) Região em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem maior popularidade, de 92,1%, segundo pesquisa CNT/Sensus deste mês, o Nordeste tem 50% d...
28/04 | 17:13h - Evam Sena e GAJ
Bancada do Nordeste. Governo não incha dados do PAC, afirma coordenadora da segunda fase do programa. A Política Real acompanhou...

( Brasília-DF, 28/04/2010) A coordenadora da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), Míriam Belchior, afirmou nesta quarta-feira, em reunião com a Banca...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br