Quarta-feira, 25 de abril de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
Bancada do Nordeste - Ariosto Holanda pede ao BNDES estudo para promover desenvolvimento integrado
09/04/2014 - 20:24h - Humberto Azevedo
(Brasília-DF, 09/04/2014) O deputado Ariosto Holanda (PROS-CE) pediu nesta quarta-feira, 9, ao presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, que a instituição federal apoie financeiramente a realização de um estudo para promover o desenvolvimento integrado da região Nordeste.

O deputado fez o pedido durante o tradicional "Café da Manhã Colonial" que a Bancada do Nordeste promoveu nesta quarta-feira, 9, para debater com o presidente do BNDES as perspectivas de desenvolvimento dos nove Estados nordestinos.

Expansão tecnológica

Ariosto Holanda pediu, ainda, que o BNDES apoiasse mais os projetos de expansão tecnológica no Nordeste. Assim como o financiamento de programas de capacitação profissional na região do semiárido. Para ele, apoio a ações como estas, auxiliariam a população que vive no local a possuir meios para melhorar a convivência com os longos períodos de estiagem.

Pequenos negócios

O deputado Jesus Rodrigues (PT-PI) pediu ao presidente do BNDES um apoio maior da instituição às pequenas empresas localizadas no Nordeste. Jesus Rodrigues questionou o uso excessivo, segundo ele, dos recursos do BNDES para fomentar, em sua maioria, os investimentos das grandes corporações.
Como resposta, Luciano Coutinho informou ao deputado Jesus Rodrigues que o aporte de financiamentos do BNDES destinados às pequenas e microempresas da região saltaram de 10%, em 2008, para cerca de 30%, em 2013.

Concorrência

Já o deputado Antonio Balhmann (PROS-CE) pediu ao presidente do BNDES para que a instituição federal revisse o atual modelo de concessão de crédito para a única empresa no Brasil que fornece laminados às indústrias do país. De acordo com ele, a aquisição de lâminas de aço no mercado nacional custa 30% a mais que o preço praticado no mercado internacional.

Por conta disso, para impedir a importação em massa de lâminas, reclama Antonio Balhmann, as indústrias teriam que pagar em impostos a mesma diferença dos 30%. E que isso sai mais caro para para comprar de fornecedora nacional. Ou seja, segundo ele, o setor industrial "fica sem saída", tendo que comprar mesmo da laminadora nacional.

Na resposta ao deputado Balhmann, Luciano Coutinho afirmou que a única coisa que o BNDES poderá fazer é o financiamento da construção de uma segunda empresa de laminados do país. E isso, de acordo com o presidente da instituição, já está sendo feito. Segundo ele, o BNDES que tem como objetivo fomentar o desenvolvimento nacional não pode apoiar iniciativas que trarão impactos negativos a setores da economia brasileira.

Visões diferentes

Os deputados Assis Carvalho (PT-PI) e Manoel Salviano (PSD-CE) pronunciaram-se com visões diferentes a respeito da atuação do banco na região. Enquanto Assis Carvalho elogiava a atuação do BNDES no Nordeste, Manoel Salviano criticava a postura da instituição no desenvolvimento dos Estados nordestinos.

Assis Carvalho destacou os financiamentos do órgão vinculado ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) na construção de uma usina de energia eólica no Piauí. Salviano afirmou que o BNDES "está muito longe do Nordeste".
Segundo o deputado do PSD, a região "precisa correr contra o tempo" para diminuir as "enormes" desigualdades regionais que separam o Nordeste das regiões mais desenvolvidas do país, como o Sul e o Sudeste. "O Nordeste merece mais atenção", cobrou Manoel Salviano.

(Por Humberto Azevedo, especial para Agência Política Real, com edição de Valdeci Rodrigues)
Mais Notícias
15/04 | 14:26h - Gil Maranhão e GAJ
BANCADA DO NORDESTE - Camilo Santana pede atenção de congressistas do NE “para que nenhum projeto venha tornar ainda mais difícil a situação dos estados”

(Brasília-DF, 15/04/2015) O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) fez uma apelo nesta quarta-feira, 15, durante o Encontro de Governadores da Nordeste, em Brasília-DF, para...
26/03 | 19:42h - Gil Maranhão
BANCADA DO NORDESTE – Danilo Forte afirma que escolha de Júlio é uma vitória da meritocracia e pede atenção ao BNB, DNOCS e Sudene

(Brasília-DF, 26/03/2015) O deputado federal Danilo Forte (PMDB-CE) afirmou nesta quinta-feira, 25, que a definição do nome do deputado Júlio César (PSD-PI) para assumir a coo...
26/03 | 19:42h - Gil Maranhão
BANCADA DO NORDESTE – José Guimarães defende a unidade e diálogo entre novatos e experientes para fortalecer colegiado nordestino

(Brasília-DF, 26/03/2015) O Líder do Governo na Câmara e ex-coordenador da Bancada do Nordeste no Congresso Nacional, deputado José Guimarães (PT-CE) afirmou nesta quinta-feir...
26/03 | 18:36h - Gil Maranhão
BANCADA DO NORDESTE – “É preciso a apropriação coletiva de temas como transposição do S. Francisco e refinarias”, diz Odorico Monteiro

(Brasília-DF, 26/02/2015) O deputado federal Odorico Monteiro (PT-CE) defendeu nesta quinta-feira, 26, que a Bancada do Nordeste deve se apropriar de temas de grande relevânci...
09/04 | 20:24h - Humberto Azevedo
Bancada do Nordeste - Ariosto Holanda pede ao BNDES estudo para promover desenvolvimento integrado

(Brasília-DF, 09/04/2014) O deputado Ariosto Holanda (PROS-CE) pediu nesta quarta-feira, 9, ao presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luci...
13/11 | 18:14h - Humberto Azevedo
Bancada do Nordeste. Dois deputados dizem que a guerra fiscal ajudou o Ceará a industrializar-se

(Brasília-DF, 13/11/2013) Os deputados Gorete Pereira (PR-CE) e Vicente Arruda (PROS-CE) afirmaram nesta quarta-feira, 13, que a guerra fiscal ajudou o Estado do Ceará a indus...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br