Quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
PEC da Vaquejada será promulgada pelo Congresso na próxima terça
05/06/2017 - 21:19h - Edição: Genésio Araújo Jr
(Brasília-DF, 05/06/2017) Nesta quinta-feira, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), anunciou que a conhecida “PEC da Vaquejada” , tecnicamente a Proposta de Emenda à Constituição (PEC304/17), que torna legal a prática da vaquejada em todo o país - será promulgada pelo Sernado em solenidade na próxima terça-feira ,06.

A proposta foi aprovada pela Câmara Federal nessa quarta-feira, 31, e garante as práticas esportivas com animais reconhecidas na categoria de manifestações culturais, registradas como bens imateriais do patrimônio cultural brasileiro e regulamentadas por lei que assegure o bem-estar dos animais utilizados.

No início do ano foi aprovada uma lei que tornou a prática da vaquejada uma manifestação cultural. Agora, cabe ao Congresso, regulamentar a atividade esportiva através de uma legislação específica com todos os cuidados e preservação do bem-estar dos animais envolvidos na disputa.

O Presidente do Senado, o comemorar a aprovação, se disse honrado em ter a oportunidade de preservar esse patrimônio cultural do Nordeste através de Lei. “Será um dia de grande alegria para um sertanejo e nordestino como eu”, disse.

Para Eunício, a manutenção das vaquejadas irá preservar milhares de emprego, fonte de renda de muitas famílias espalhadas por todo o País. É o reconhecimento definitivo dessa manifestação cultural, que garante a sobrevivência de 40 mil famílias e dá emprego a mais de 700 mil brasileiros”, comemorou.

Em outubro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional a vaquejada. A Ação Direta de Inconstitucionalidade, acatada por 6 votos a 5, foi proposta pelo procurador-geral da República contra a Lei 15.299/13, do estado do Ceará, que regulamentava a vaquejada como prática desportiva e cultural no estado. A partir deste momento, a bancada nordestina no Congresso Nacional se mobilizou pela aprovação da PEC da legalização, tendo como um dos líderes, o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)
Mais Notícias
27/12 | 17:16h - Gil Maranhão
Renegociação de dívidas rurais com o Funrural é aprovada; Júlio César diz que medida também beneficia “endividados da seca”

13/12/2017 - 12:00h - (Brasília-DF, 13/12/2017) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, deputado Júlio César (PSD-PI), comemorou nes...
14/12 | 14:00h - Gil Maranhão
Júlio César comemora aprovação de projeto que parcela dívidas de agricultores com o Funrural e prejudicados pela seca

07/12/2017 - 16:40h - ( Publicada originalmente às 21h 32 do dia 06/12/2017) (Brasilia-DF, 07/12/2017) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congress...
07/12 | 16:56h - Gil Maranhão
BOLSA FAMÍLIA – Aumento real anunciado pelo governo para 2018 vai beneficiar quase 7 milhões de famílias do Nordeste

17/11/2017 - 16:40h - Gil Maranhão ( Publicada originalmente às 16h 13 do do 14/11/2017) (Brasília-DF, 16/11/2017) O aumento real que o governo federal anunciou est...
17/11 | 16:55h - Gil Maranhão
FINAL DA HISTÓRIA: Veja como votou a Bancada Nordeste na segunda denúncia da PGR contra Michel Temer

26/10/2017 - 12:00h - ( Publicada originalmente às 23h 04 do dia 25/10/2017) (Brasília-DF, 26/10/2017) A bancada nordestina é a segunda bancada entre todas as repr...
26/10 | 12:03h - Gil Maranhão
Júlio César quer parlamentares nordestinos empenhados para reverter decisão do TSE de extinguir 600 zonas eleitorais

20/09/2017 - 15:30h - Gil Maranhão (Brasília-DF, 20/09/2017) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, deputado Júlio César (PSD-PI) defende...
20/09 | 19:58h - Gil Maranhão.
">Edvaldo Moura diz que extinção de zonas eleitorais "é danosa aos interesses da democracia representativa, ao eleitor e à Justiça Eleitoral"

(Brasília-DF, 20/09/2017) O vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado Piauí (TRE-PI) e membro da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), desembargados Edval...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br