Quarta-feira, 25 de abril de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
Raimundo Matos destaca irregularidades e quer força-tarefa de parlamentares e governadores pela celeridade da Transnordestina
09/12/2016 - 17:47h - Gil Maranhão
( Publicada originalmente às 17h 42 do dia 07/12/2016)



(Brasília-DF, 08/12/2016) O coordenador da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que discute o projeto da Ferrovia Nova Transnordestina e acompanha as obras, Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), voltou a destacar nesta quarta-feira, durante Café da Manhã da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, as irregularidades apontadas pelo Tribunal de Constas da União (TCE) em vários trechos da obra.

Ele criticou a morosidade dos trabalhos, o montante de recursos consumidos pela obra ao longo desses anos e elogiou a ideia de criação de um grupo de trabalhado formado por deputados e senadores dos três estados abrangidos pela ferrovia – Piauí, Ceará e Pernambuco – para estudar soluções para retomada das obras da ferrovia.

Além de deputados e senadores da região, a reunião contou com a presença do governador do Piauí, Wellington Dias, e do novo presidente da Transnordestina Logística S.A, Sergio Leite.

Lentidão

Raimundo Matos criticou a lentidão dos trabalhos da ferrovia e revelou seu desejo de que a Transnordestina possa estar funcionando o mais breve possível. Segundo ele, fazem 10 anos que as obras foram iniciadas e que o Governo Federal já arcou com mais de R$ 7 bilhões em investimentos.

"É preciso que a empresa assuma a sua responsabilidade e dê sequência a sua parte no acordo que foi feito com o povo nordestino", afirmou o tucano.

O parlamentar cearense lembrou que a Ferrovia Nova Transnordestina foi iniciada no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com previsão para ser entregue em 2010, com um custo estimado em R$ 5,42 bilhões. Tem uma extensão prevista de 1.728 km. A obra está paralisada de vários trechos nos três estados de sua abrangência e já tem teve de acrescimento de recursos em torno de R$ 7 bilhões.

52% da obra concluída

A ferrovia da cidade de Eliseu Martins (a partir de Missão Velha), no Piauí, até Salgueiro (PE). A ferrovia se divide em dois braços: um segue para o porto de Pecém, no Ceará, e o outro, em Suape, em Pernambuco.

O governo federal prevê 2.3 mil quilômetros de ferrovia, beneficiando 81 municípios, 19 no Piauí, 28 no Ceará e 34 em Pernambuco.

Defasados

De acordo com o relatório atualizado em dezembro pela Transnordestina Logística a ferrovia tem 600 km construídos e outros seiscentos já com alguma estrutura trabalhada, 52% da obra esta concluída e o novo orçamento estimado é de R$ 11,2 Bilhões.

O deputado Raimundo Gomes de Matos frisou que O trecho da ferrovia no estado do Ceará é o mais defasado, com apenas 15% das obras concluídas.

Mais R$ 3 bilhões

O novo presidente da Transnordestina Logística S.A, Sergio Leite, defende um porte de mais R$ 3 bilhões para conclusão da ferrovia, previsto para 2019. Ele defende recursos na ordem de R$ 400 milhões, para retomada imediata dos trabalhos.

Já o governador Wellington Dias disse que "é hora de unirmos as forças para sensibilizar o governo da importância da conclusão da Transnordestina, nossos empresários acumulam prejuízos por confiar que um dia teriam um escoamento adequado para sua produção, queremos mostrar para o presidente que precisamos dessa ferrovia."

(Por Gil Maranhão – Agência de Notícias Política Real. Edição: Genésio Jr.)
Mais Notícias
15/03 | 18:56h - Gil Maranhão
Banco da Amazônia quer prorrogação de lei renegociar de débitos rurais, que vai beneficiar 15 mil produtores rurais do Norte

(Brasília-DF, 15/03/2018) O diretor de Crédito do Banco da Amazônia (Basa), Francimar Maciel, defendeu nesta quinta-feira, 15, a prorrogação da lei que trata da renegociação d...
15/03 | 18:55h - (Por Gil Maranhão
Presidente do BNB vê “grande desafio” regularizar dívidas de 517 mil produtores rurais ”e os credenciar para novos créditos”

(Brasília-DF, 15/03/2018) O presidente do Banco do Nordeste (BNB), Romildo Carneiro Rolim, afirmou nesta quinta-feira, 15, que as agências estão mobilizadas em todos os nove e...
15/03 | 18:55h - Genésio Araújo Jr.
Parlamentares do Nordeste e Norte debatem com Marun vetos do governo Temer ao Funrural e renegociação das dívidas dos agricultores

(Brasília-DF, 14/03/2018) Parlamentares que integram as bancadas do Nordeste e do Norte no Congresso Nacional vão discutir nesta quinta-feira, 15, com o ministro-chefe da Secr...
14/03 | 20:15h - Genésio Araújo Jr.
Face ação da bancada nordestina, inclusão de municípios de Minas Gerais e Espírito Santo na Sudene é adiada

(Brasília-DF, 28/02/2018) A possibilidade de inclusão dos municípios do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, e municípios do Estado do Espírito Santo na área de atuação da Super...
01/03 | 16:14h - Genésio Araújo Jr
Bancada nordestina não votou em bloco no caso dos aplicativos; só a bancada do Sergipe votou toda a favor de limitações

(Brasília-DF, 01/03/2018). A bancada nordestina na Câmara dos Deputados normalmente é decisiva em votações marcantes na vida do legislativo, porém no caso da regulamentação do...
28/02 | 20:01h - Gil Maranhão
RETROSPECTIVA – Júlio César aponta lei da renegociação das dívidas dos produtores rurais como importante matéria de 2017

27/12/2017 - 12:00h - ( Publicada originalmente às 22h 24 do dia 26/12/2017) (Brasília-DF, 27/12/2017) A Lei 13.340, que trata da renegociação das dívidas dos produ...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br