Quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
“O Nordeste para ser forte precisa de um BNB forte e nós precisamos de apoio em ações propositivas”, diz Marcos Holanda
11/06/2015 - 17:51h - Gil Maranhão
(Brasília-DF,11/06/2016) “O Nordeste para ser forte precisa de um Banco do Nordeste Forte e o BNB para ser forte precisa do apoio da Bancada Federal em ações propositivas e objetivas, como esta da renegociação das dívidas rurais”.

A declaração foi feita pelo presidente do Banco do Nordeste (BNB), Marco Holanda, durante o “Café da Manhã” que marcou a primeira reunião de trabalho da Bancada Parlamentar do Nordeste, realizada nesta quinta-feira, 11, e teve como tema central a Renegociação de Dívidas Rurais.

O evento contou, ainda, com a participação do o diretor-substituto de Gestão da Dívida Ativa da União da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Luiz Roberto Beggiora, que apresentou o atual quadro (por Estados) do endividamento proveniente das linhas de crédito rural, e do representante do Ministério da Integração Nacional (MIN), Rafael Resende Neto.

Aos parlamentares, Marcos Holanda fez uma explanação prévia dos programas de investimentos da instituição e se colocou a disposição da bancada nordestina para tratar de temas relevantes da região, como a questão que envolve a dívida rural dos estados da região.

Dívida rural

“A renegociação da dívida rural é um importante e o BNB, no seu papel, está aí à disposição, na medida em que as normas sejam desenhadas, tanto em nível do Parlamento, como do ministério, estamos prontos para executá-las de forma mais ágil e de maior interesse possível para os produtores rurais”, declarou.

Questionado sobre o que está faltando para agilização nas renegociações dessas dívidas, Marcos Holanda, disse que isso decorre de um processo de negociação entre Ministério da Fazendo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

“Acho que existe boa vontade de ambas as partes, no sentido de realmente continuar nesse apoio a uma classe tão importante, que são os pequenos e micro produtores rurais”.

BNB e o ajuste fiscal

Sobre a posição da instituição no atual cenário de ajuste fiscal por que passa o País, o presidente do Banco do Nordeste ressaltou que a importância do banco aumenta, e depositou sua segurança e esperança no FNE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste).

“O BNB, felizmente, conta com este grande instrumento, que é o FNE, o fundo constitucional do Nordeste”, avaliou.

Holanda acentuou que o FNE “tem uma capacidade hoje muito robusta de continuar financiando o setor produtivo da região Nordeste”.

“É um fundo, como já disse antes, que já é auto-sustentável, e que hoje recebe mais recursos de reembolso do que ele recebe de recursos novos. É importante neste momento que instituições, como o BNB, ser esse colchão de liquidez, provimento e financiamento para a região a região.”, acrescentou.

(Por Gil Maranhão, para Agência Política Real, e edição de Genésio Jr.)
Mais Notícias
27/12 | 17:16h - Gil Maranhão
Renegociação de dívidas rurais com o Funrural é aprovada; Júlio César diz que medida também beneficia “endividados da seca”

13/12/2017 - 12:00h - (Brasília-DF, 13/12/2017) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, deputado Júlio César (PSD-PI), comemorou nes...
14/12 | 14:00h - Gil Maranhão
Júlio César comemora aprovação de projeto que parcela dívidas de agricultores com o Funrural e prejudicados pela seca

07/12/2017 - 16:40h - ( Publicada originalmente às 21h 32 do dia 06/12/2017) (Brasilia-DF, 07/12/2017) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congress...
07/12 | 16:56h - Gil Maranhão
BOLSA FAMÍLIA – Aumento real anunciado pelo governo para 2018 vai beneficiar quase 7 milhões de famílias do Nordeste

17/11/2017 - 16:40h - Gil Maranhão ( Publicada originalmente às 16h 13 do do 14/11/2017) (Brasília-DF, 16/11/2017) O aumento real que o governo federal anunciou est...
17/11 | 16:55h - Gil Maranhão
FINAL DA HISTÓRIA: Veja como votou a Bancada Nordeste na segunda denúncia da PGR contra Michel Temer

26/10/2017 - 12:00h - ( Publicada originalmente às 23h 04 do dia 25/10/2017) (Brasília-DF, 26/10/2017) A bancada nordestina é a segunda bancada entre todas as repr...
26/10 | 12:03h - Gil Maranhão
Júlio César quer parlamentares nordestinos empenhados para reverter decisão do TSE de extinguir 600 zonas eleitorais

20/09/2017 - 15:30h - Gil Maranhão (Brasília-DF, 20/09/2017) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, deputado Júlio César (PSD-PI) defende...
20/09 | 19:58h - Gil Maranhão.
">Edvaldo Moura diz que extinção de zonas eleitorais "é danosa aos interesses da democracia representativa, ao eleitor e à Justiça Eleitoral"

(Brasília-DF, 20/09/2017) O vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado Piauí (TRE-PI) e membro da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), desembargados Edval...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br